Alerta do Google - Inflação

Google
Inflação
Atualização diária 12 de janeiro de 2018
NOTÍCIAS
A inflação fechou 2017 em 2,95%, a menor desde 1998 (1,65%) e abaixo do piso de 3% da meta estipulada pelo governo, que mira os 4,5%, mas tem tolerância de 1,5 ponto para cima ou para baixo. O indicador já havia rompido o teto da meta, em 2002 e 2015, mas nunca o piso. O Instituto Brasileiro ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
Embora a redução da inflação em 2017 tenha sido sentida por todas as camadas da população, os que mais se beneficiaram foram os integrantes da classe de renda muito baixa, cujo índice foi de 2,2%, uma queda de 4,8 pontos percentuais em comparação ao ano anterior. As camadas mais ricas da ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
O IBGE divulgou, nesta quarta-feira (10), os números da inflação oficial do Brasil. Em dezembro, o IPCA acelerou um pouco e ficou em 0,44%. Mas essa pequena alta não impediu que a inflação fechada de 2017 ficasse no menor nível desde 1998 e abaixo do piso da meta. Todo mundo na casa da ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
O Jornal Nacional mostrou, na quarta (10), que a inflação oficial do Brasil encerrou o ano passado abaixo do piso da meta. Os alimentos mais baratos explicaram boa parte desse comportamento. Mas no sentido oposto, os chamados preços administrados subiram bem acima da média. No campo da ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, registrou taxa de inflação de 0,75% na primeira prévia de janeiro deste ano. A taxa é ligeiramente mais alta do que a anotada na primeira prévia de dezembro (0,73%), segundo dados divulgados hoje (11), no Rio ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
Após o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2017 ter ficado em 2,95%, abaixo do piso da meta (3,0%) do ano passado, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, avaliou nesta quinta-feira, 11, que a população ainda não tem a percepção de uma inflação baixa porque os ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
A inflação encerrou 2017 abaixo do piso da meta do governo pela primeira vez em 18 anos. Ao longo do ano passado, os preços subiram 2,95%, segundo IPCA, o índice oficial. Mas não é isso que as pessoas estão sentindo no bolso. "Fechou baixa para o governo, porque se eu depender da minha ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
Um preço que está na contramão dessa inflação mais baixa é o da gasolina, que subiu 25% só de julho para cá. A gasolina mais cara do país é a do Acre: R$ 4,80 por litro, em média. Depois vêm o Rio e Goiás. A gasolina mais barata é no Maranhão. O preço médio cobrado no Brasil é R$ 4,15 por litro ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
O IBGE anunciou hoje a inflação de 2017. O número foi de impressionantes 2.95%, algo muito raro em nosso país. Basta lembrar que há apenas 2 anos, tínhamos mais de 10% de inflação por ano. Os destaques de queda de preços ficaram a cargo dos alimentos. Só o feijão acumulou uma queda de ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
Pela primeira vez desde que o sistema de metas foi instituído, o IPCA encerrou o ano abaixo do piso. Avalio que a modesta alta de 2,95% foi reflexo, pela ordem, de: (i) a transição climática do fenômeno El Niño para o atual clima moderado (que derrubou os preços agropecuários a partir do final de ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
WEB
Se inflação baixa fizesse crescer o Japão era maior que a China
A inflação está baixa porque a recessão é brutal. O Banco Central aplica uma taxa de juros escorchante: 6% reais. A MAIOR DO MUNDO! Os investimentos desabaram. O desemprego é criminoso. E a abolição da Lei Áurea vai estrangular o trabalhador e a classe média. Se inflação baixa salvasse os ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
Por que a inflação de 2017 ficou abaixo do piso da meta?
Nada como um dia após o outro… Ilan Goldfajn, o presidente do Banco Central, teve que escrever uma carta aberta ao ministro da Fazenda explicando por que a inflação terminou o ano de 2017 longe da meta. A última vez que tivemos uma carta aberta foi em janeiro de 2016, depois de a inflação de ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
Inflação oficial fecha 2017 com menor índice em 19 anos: 2,95%
Em dezembro, a inflação voltou a acelerar, mas isso não impediu que no ano o índice ficasse abaixo da meta.
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
Reajuste do mínimo abaixo da inflação é inconstitucional e pode ser questionado no STF
O governo Temer reforçou sua intenção de acabar com a política de valorização do salário mínimo, criada nos governos Lula e que ajudou a aumentar o poder de compra do trabalhador brasileiro. Pela segunda vez consecutiva determinou um aumento de salário abaixo da inflação. Leia também: ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
Inflação oficial fecha em 2,95% e é a menor em 19 anos, diz IBGE
Indicador oficial de inflação do país, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou 2017 com a menor alta acumulada em 19 anos: 2,95%. O resultado ficou 3,34 pontos percentuais abaixo do registrado em 2016, de 6,29%, e 1,30 ponto acima do menor resultado desde 1998, de 1 ...
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
Inflação baixa é resultado da queda no preço dos alimentos, diz presidente
Presidente da República, Michel Temer, comemora o resultado da inflação em 2017, o melhor em duas décadas.
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
Inflação da Argentina foi de 24,8% em 2017
A Argentina fechou o ano de 2017 com uma inflação de 24,8%, informou no Instituto Nacional de Estatística (Indec). A taxa é a segunda mais alta da América Latina, depois da Venezuela. A medida está muito acima da meta de 17% que o governo do presidente Mauricio Macri tinha estabelecido.
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
Reajuste do mínimo fica abaixo da inflação
O reajuste do salário mínimo ficou abaixo da inflação pelo segundo ano consecutivo. O índice que pela lei é usado para a correção, o INPC ficou em 2,07% em 2.
Google Plus Facebook Twitter Sinalizar como irrelevante
Ver mais resultados | Editar este alerta
Você recebeu este e-mail porque se inscreveu nos Alertas do Google.
RSS Receber este alerta como feed RSS
Feedback sobre o Google+
Tecnologia do Blogger.